Tags

, , , ,

This time I couldn’t attend the simultaneous openings of the galleries in Miguel Bombarda and so decided, for the first time, to do the openings circuit on a normal day.

Even though it was quite good to appreciate the exhibitions without the interference of the usual hordes of people in openings day, I encountered a lot of galleries closed and I had to suffer the inconvenience of being the only visitor to some of the galleries which had to turn on the lights for my sake.

But worse than any of that was that I didn’t really like anything, besides Nuno Sam’Payo’s exhibition in Ap’Arte Gallery. I didn’t particularly enjoy Ó! Gallery’s exhibition, but I like the way its windows are more and more crowded with very nice illustrations!🙂

Como desta vez faltei às inaugurações simultâneas em Miguel Bombarda (tiveram lugar no último sábado, dia que foi reservado para Guimarães), decidi, pela primeira vez, fazer o circuito das inaugurações em dia normal.

Apesar da mais valia de poder apreciar as obras expostas sem a interferência da multidão que normalmente inunda Miguel Bombarda em dia de inaugurações, dei com o nariz na porta de muitas galerias e senti um certo constrangimento em ser a única pessoa a entrar nas galerias e a obrigar que se acendessem luzes apagadas em algumas delas.

Pior ainda foi nada me ter agradado muito, tirando a exposição de Nuno Sam’Payo na Galeria Ap’Arte. Na Ó! Galeria não adorei o que estava exposto, mas gostei da forma como os vidros das montras estão cada vez mais preenchidos de ilustrações bonitas!🙂