Tags

,

Why is London so magnificent?

The first reason has to do with the friends I made and the period I lived there, which ultimately makes it incomparable with any city I might visit. However, if I forget that and think about what I experienced the times I visited the city before the wonderful period that was my Erasmus, I still think London is a perfect city…

I will start by affirming the only two bad things about the city, the high rents and the expensive transports (which are nonetheless very efficient)… all the reat is great.

Culture for free in every corner…there are museums, galleries, gigs in pubs, music shops and outside, street art and shows! Cheap culture everywhere…books, cds, gigs and dvds at prices you cannot find in Portugal, and even going to the cinema, if you choose the right days, can be cheaper than in Portugal, and in such historic places as the Coronet in Notting Hill!

Polite people on the streets, that despite what you might have heard aren’t cold and indifferent. They are tolerant and open to whomever, not looking towards ethnies, styles or choices!

It’s a huge non British and very diverse population well integrated in the society at every level!

There are parks with huge green stretches of grass where you can lay down with all the freedom…freedom that you can feel in many other situations!

It’s a city with places to go out at night suited for everyone!

It’s a city where you feel safe at anytime and almost everywhere, even if you’re a girl roaming around by yourself and where, above all, you can be yourself!

I think I could say a lot more about this so perfect place on earth, but I’ll leave it for now…

Porque é que Londres é tão magnífica?

A primeira razão prende-se com os amigos que lá fiz e o período que lá vivi, o que acaba por torná-la incomparável com qualquer outra cidade que visite. Contudo, se esquecer isso e voltar ao que experimentei das vezes que a visitei antes desse período tão magnífico que foi o meu Erasmus, continuo a achar que Londres é uma cidade perfeita…

Apesar do defeito das rendas altas e dos transportes caros (que são extremamente eficientes, devo dizer), único defeito que eu encontro na cidade, tudo o resto é magnífico.

Cultura gratuita em cada esquina…são museus, galerias, concertos em bares, lojas de música e ao ar livre, espectáculos e arte de rua! Cultura barata por todo o lado…livros, cds, concertos e dvds a preços que não se encontram em Portugal, sendo que mesmo as idas ao cinema, se com dias bem programados, podem ser mais baratas do que o que por cá encontramos e em sítios tão históricos como o Coronet em Notting Hill!

Gente educada pelas ruas, que ao contrário do que por aí se diz não é fria nem indiferente. É gente tolerante que recebe bem quem seja, não olhando a etnias, estilos e escolhas!

É uma comunidade não britânica imensa e bastante diversa, bem integrada a todos os níveis!

São parques verdes enormes e lindos onde podemos esticar-nos na relva com todo a liberdade…liberdade essa que é também experienciada a muitos outros níveis!

É uma cidade com sítios para saídas noturnas dedicados a todos os gostos!

É uma cidade onde te sentes segura seja a que hora for e quase em que zona for, mesmo que sejas uma menina a deambular pelas ruas sozinha e onde sentes sobretudo que podes ser quem quiseres!

Acho que podia dizer muito mais, de tão perfeito que é este lugar da terra, mas por agora fico-me por aqui…