Tags

, , ,

Taking advantage of my trip to Lisbon to Ornatos Violeta’s gig, I stayed over till the end of the week…Luckily, there was a new event in town, that hopefully will be repeated yearly, Lisbon Week.

I took advantage of the guided tours in the programme. I’ll start by telling you about the visit they called Rua do Século and that went around this street, but also its surroundings.

It started on Jardim do Príncipe Real and went through Convento dos Cardaes (I chose to go to the morning visit, so we weren’t able to go in the convent, since it’s only open for visits in the afternoon. I already have plans for the next time I go to Lisbon); Palácio Ratton (where the Constitutional Court is. It’s not open for visits and we couldn’t take pictures inside); Palácio Pombal (where Marquês de Pombal was born. It’s also only open in the afternoons…another thing left for the next Lisbon outing); Palácio do Correio Velho (we only visited the service floor, where’s an auction house today. The noble floor is closed by the fire department. You can visit the auction house in auction days); Igreja de Santa Catarina; Igreja das Mercês and Museu Geológico.

Palácio Ratton

Palácio Ratton

Palácio Ratton

Palácio Ratton

Palácio Ratton

former Igreja das Mercês, today it’s an apartment building/antiga Igreja das Mercês, hoje é um prédio de habitação

Palácio do Correio Velho

Palácio do Correio Velho

Palácio do Correio Velho

Palácio do Correio Velho

Palácio do Correio Velho

Palácio do Correio Velho

Igreja de Sta. Catarina’s library/biblioteca da Igreja de Sta. Catarina

Igreja das Mercês

Igreja das Mercês

Igreja das Mercês

Museu Geológico

Aproveitando a viagem a Lisboa para o concerto dos Ornatos Violeta, fiquem por lá até ao fim da semana…Por sorte, estes dias coincidiram com um novo evento na cidade, que possivelmente se passará a repetir todos os anos, o Lisbon Week.

Aproveitei sobretudo as visitas guiadas que o programa da Lisbon Week oferecia. Começo por vos falar da visita que intitularam Rua do Século, embora não só da Rua do Século se tenha tratado.

O percurso começou no Jardim do Príncipe Real e passou pelo Convento dos Cardaes (fiz a visita da manhã, que não permitia a entrada no convento, uma vez que este só se encontra aberto para visitas da parte da tarde, mas é de visita livre, por isso, numa próxima ida a Lisboa já tenho planos); Palácio Ratton (onde funciona o Tribunal Constitucional e que não é de visita livre. Também não era permitida a captura de imagens no interior.); Palácio Pombal (tal como o convento, só está aberto de tarde…mais um para a próxima ida a Lisboa); Palácio do Correio Velho (visitou-se apenas o piso de serviço, onde actualmente funciona uma leiloeira, uma vez que o piso nobre está fechado por ordem dos bombeiros. É possível visitar a leiloeira em dias de leilão); Igreja de Santa Catarina; Igreja das Mercês e Museu Geológico.